29
Dez 09

Caim - José Saramago

 

 

             O Símbolo Perdido (OFERTA NATAL)

 

publicado por wandinha às 21:49

Aqui fica a minha lista de livros lidos em 2009:

 

 

 

 

1• A Insustentável Leveza do ser - Milan Kundera

2• O Riso de Deus - António Alçada Baptista

3• Quem quer Ser Bilionário - Vikas Swarup

4• Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden

5• O Tigre Branco - Aravind Adiga 

6• Para Sempre Talvez - Cecelia Ahern

7• Kafka à Beira-Mar - Haruki Murakami

8• Sputnik Meu Amor - Haruki Murakami

9• Siddhartha - Hermann Hesse

10• Está uma noite quente de verão - Isabel Ramos

11• No Teu Deserto - Miguel Sousa Tavares

12• As Raparigas de Riade - Rajaa Al-Sanea

13• Amante de Sonho - Sherrilyn Kenyon

14• O Beijo de Highlander - Karen Marie Moning

15• A Cabana - Wn. Paul Young

16• A Senhora da Magia (As Brumas de avalon I) - Marion Zimmer Bradley

17• A Rainha Suprema (As Brumas de Avalon II) - Marion Zimmer Bradley 

18• O Nome do Vento - Patrick Rothfuss 

19• Danças na Floresta - Juliet Marillier 

20• O Dia que Faltava - Favio Volo

21• O Jardim Encantado - Sarah Addison Allen 

22• Uma Vida em Mil Pedaços - James Frey 

23• Enquanto Estiveres aí - Marc Levy 

24• Almas Antigas - 

25• After Dark - Haruki Murakami 

26• Nunca Me Deixes - Kazuo Ishiguro

27• O Leque Sevreto - Lisa See 

 


publicado por wandinha às 04:24

 

1 - Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden
2 - O Tigre Branco - Aravind Adiga
3 - Kafka à Beira Mar - Haruki Murakami
4 - A Cabana - WM. PAUL YOUNG
5 - O Nome do Vento - Patrick Rothfuss
6 - Danças na Floresta - Juliet Marillier
7 - Uma Vida em Mil Pedaços - James Frey
8 - O Leque Secreto - Lisa See
9 - A Senhora da Magia (As Brumas de Avalon I)- Marion Zimmer Bradley
10 - A Rainha Suprema (As Brumas de Avalon II)- Marion Zimmer Bradley

 

 

 

 

publicado por wandinha às 03:55
tags:

Haruki Murakami

 

Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 228
Editor: Casa das Letras
 
Sinopse
Por uma noite, Murakami leva-nos com ele através de uma Tóquio sombria, onírica, hipnótica. Um deslumbrante romance perpassado de uma singular atmosfera poética, na fronteira entre a realidade e o universo fantasmático, onde cada pormenor, olhado retrospectivamente, faz sentido.
Num bar, Mari encontra-se mergulhada num livro, enquanto bebe o seu chá e fuma cigarro atrás de cigarro. Às tantas, entra em cena um músico que a reconhece. Ao mesmo tempo, encerrada num quarto, Eri, a irmã de Mari, dorme com os punhos cerrados, sem saber que está a ser observada por alguém.
Em torno das duas irmãs desfilam personagens insólitas: uma prostituta chinesa vítima de agressão, a gerente de um hotel do amor, um técnico informático, uma empregada de limpeza em fuga. Sucedem-se acontecimentos bizarros: um aparelho de televisão que, de um momento para o outro, começa bruscamente a funcionar, um espelho que conserva os reflexos.
Em Tóquio, durante as horas de uma noite, vai desenrolar-se um estranho drama...
 
À medida que vou lendo mais livros deste autor confirmo a minha convicção de o eleger como um dos meus autores preferidos. Sem dúvida, acabou de se tornar oficial!
É impressionante, como é bela e suave a sua escrita, e quando chegamos quase às últimas páginas de After Dark, dámo-nos conta que toda a história se passa numa única noite, uma meia dúzia de horas descritas em 228 páginas, fantástico.
Escusado será dizer que adorei o livro, e que é totalmente recomendável.
 
 
Classificação: 8/10
 

Haruki Murakami foi recentemente galardoado com a Ordem das Artes e Letras de Espanha, anúncio feito pelo ministro da cultura de Espanha.

Leia aqui a notícia publicada noThe Independent.

 

 

 

.


15
Dez 09

Marc Levy

 

Edição/reimpressão: 2000
Páginas: 192
Editor: Editorial Presença
 
Sinopse
Arthur, um jovem arquitecto californiano, acaba de alugar uma nova casa em São Francisco. Os objectos ainda empacotados encontram-se empilhados pelo chão. Decide preparar um banho relaxante enquanto é embalado pelas doces melodias de Peggy Lee. Subitamente Arthur começa a ouvir o som do estalar de dedos a acompanhar a música da rádio. "Não pode ser verdade...é do cansaço" pensa Arthur, contudo o som continua e aumenta, cada vez mais claro e distinto. Segue o som até ao armário da casa-de-banho. Ao abrir a porta depara-se com uma mulher sentada que continua a estalar os dedos ao som da música. Confuso, Arthur pensa tratar-se de uma partida do seu amigo Paul e pede à mulher para deixar a sua casa. Espantada e ainda mais confusa que Arthur, ela pergunta-lhe "Está a ver-me?". Lauren conta-lhe então uma história inverossímil: médica de profissão era a anterior inquilina daquele apartamento quando sofreu um acidente de automóvel. Seis meses ainda se encontrava em coma no hospital onde costumava trabalhar. Durante todo esse tempo o seu espírito vagueou pelo seu apartamento, que agora a sua mãe, já com poucas esperanças de uma recuperação, tinha arrendado a Arthur. Era tudo demasiado estranho, mas...e se fosse verdade? Com base neste enredo nasce uma história de amor forte, delicada e comovente, cheia de situações de um humor desconcertante, e um imenso potencial para ser transformado em imagens.
 
 
Este é o primeiro livro que leio do autor, e recomendo! Trata-se de um romance divertido, que aborda alguns temas interessantes sobre a eutanásia, a vida e a morte. O final fica em aberto, e a continuação da história surge num novo livro do autor: "Voltar a encontrar-te", esta será certamente uma das minhas próximas leituras.
 
Classificação: 7/10
 
 

 

publicado por wandinha às 21:36

Próximas viagens
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


pesquisar
 
Viagens de 2009
comentários recentes
Acabadinho de ler...http://numadeletra.com/nunca-m...
Veja a resenha de Juliano Klevanskis sobre "A Insu...
A propósito de Kenzaburō Ōe:http://numadeletra.com...
Tens que ler!! O Quarto Arcano é espectacular. Os ...
Muito interessante o blog! Gostaria de aproveitar ...
É um livro bastante interessante!
Fiquei curiosa em relação a este livro...bjs
Olá Ana! Este foi o 1º livro que li do autor, pois...
Já li este livro à uns anos atrás e gostei, embora...
Apesar de não ser grande apreciadora de livros de ...
blogs SAPO